segunda-feira, 22 de julho de 2019

Como fazer um cartão de visita digital e interativo no LibreOffice Draw



Os cartões digitais são um tendência no mundo todo, e no Brasil não é diferente. Aliás, é uma forma bem interessante de mostrar seu serviço e se apresentar para o cliente. Só de saber que nenhuma árvore precisa ser derrubada para produzi-lo, já vale nossa adesão.

Porém as vantagens vão muito além da questão ecológica, já que o cartão digital traz vários outros benefícios. Pense bem nisso: não é necessário estar fisicamente junto com o cliente para passar o cartão pra ele; você simplesmente transmite o cartão à distância, seja pelo Whatsapp, email, há várias formas de fazer isso.

Mas certamente o detalhe que chama mais atenção é que o cartão pode ser interativo. Ele pode trazer áreas clicáveis que você mesmo configura. Você pode levar o cliente para o seu site pessoal, para o seu Instagram, para o Whatsapp e até para o Google Maps no endereço de sua loja ou serviço.



Qualquer smartphone disponível no mercado, por mais baratinho que seja, é capaz de exibir esse cartão; e smartphone é algo que todos têm, fica ali grudado com a pessoa praticamente 24 horas por dia. Segundo a Fundação Getúlio Vargas, só no Brasil, em 2019, há 230 milhões desses aparelhos ativos, são mais celulares do que habitantes. Então meu amigo, se você ainda está nessa vibe de distribuir cartões de papel, é bom rever seus conceitos ou vai ficar para trás.

Me diz aí, quantos cartões você já recebeu na vida e quantos tem guardado hoje contigo? Pois é… Fique sabendo que as pessoas também jogam fora o seu cartão. Pode levar um ano pra isso acontecer, pode levar uma semana ou 10 minutos. A verdade é que eles vão para o lixo. E as pessoas jogam fora não é por maldade não! Aquilo fica entulhando a gaveta do armário, a gente enfia no bolso o troço sai todo amassado… é um problema!

Já o cartão digital, ele não produz volume, não ocupa um espaço físico. Ele vai ocupar um espaço de armazenamento do celular, isso é verdade, mas o tamanho do arquivo é algo minúsculo. Pra você ter ideia, o cartão digital chega a ser 50 vezes menor que o espaço ocupado por uma foto. A pessoa que recebe o cartão, se for sábia, ela cria uma pasta na nuvem e cada cartão de visita digital que ela receber, vai jogando pra dentro dessa pasta. Quando precisar de algum serviço vai estar tudo guardado e acessível pelo celular.

Veja nesse vídeo como criar o seu cartão digital, usando software livre, no caso, o LibreOffice Draw.





Assine nossa newsletter!

Quer receber as novidades mais recentes do Blog Valeu Cara na sua caixa de entrada?
Informe seu e-mail e clique em Assinar.

Assine o feed RSS Siga o Blog Valeu Cara no Twitter Curta o Blog Valeu Cara no Facebook Canal do Blog Valeu Cara no YouTube





Participe deixando seu comentário, dúvida, sugestão, ideias, críticas, exemplos ou o que você quiser na parte de comentários desta postagem. Sua participação é extremamente importante para que este blog esteja sempre melhorando o seu conteúdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

::Regras::
1. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais ao autor e aos leitores;
2. Não serão aceitos comentários agressivos;
3. Spams serão deletados;
4. Para deixar alguma URL cite maiores detalhes do que se trata;
5. Lembre-se: aqui é um lugar para pessoas civilizadas.

OBS: Os comentários não refletem as opiniões do editor.