sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Aprenda a fazer o efeito "mini planeta" no Gimp


Você já ficou intrigado ao ver aquelas fotos que parecem que toda a paisagem se transformou num planeta em miniatura?

Este tutorial irá tirar as suas dúvidas, desde a escolha da imagem ideal até a finalização do seu planetinha usando o software Gimp. Todos os passos são explicados detalhadamente.

Se você tiver um pouco mais de habilidade com o Gimp, é possível produzir alguns resultados muitos interessantes e bem criativos usando uma série de outros efeitos e aplicação de imagens sobrepostas. Entretanto, para este tutorial não será utilizado grandes técnicas de edição. O que será explicado é o princípio básico da criação do mini planeta.




Antes de você sair aplicando esse efeito na primeira foto que ver pela frente, é preciso esclarecer que não é qualquer imagem que produz um resultado satisfatório. Para o efeito dar certo a fotografia a ser usada precisa respeitar algumas características importantes. Há pelo menos 3 regras básicas que precisam ser seguidas:

1º) A área inferior da foto não deve possuir detalhes de grande importância. Todos os pixels existentes nessa área se convergirão para um ponto central e, na imagem final, corresponderá ao centro do planeta. Portanto, se houver algo de importante ali, certamente ficará com aparência afunilada e perderá muitos detalhes. O ideal é que a parte inferior da foto mostre uma superfície neutra como vegetação, água, areia, pedregulhos, asfalto, cimento ou coisas parecidas.



2º) Toda a área superior da foto deve estar livre, predominando o céu. Não há problema se houver algumas nuvens ou até alguma ave voando ou mesmo um avião. Entretanto, a extremidade superior da foto não deve cortar nenhum elemento do cenário principal. Por exemplo, se na foto houver árvores, postes, torres, prédios, montanhas, etc, esses elementos devem aparecer até o pico. Toda essa área superior terá dupla utilidade: além de corresponder à atmosfera do nosso "mini planeta", também servirá como plano de fundo para o acabamento final.

A foto a ser usada não deve cortar elementos do cenário principal.


3º) As extremidades laterais (os lados esquerdo e direito da foto), precisam se “encaixar”, ou seja, o lado esquerdo precisa ser o oposto do lado direito. Obviamente que numa foto comum isso é praticamente impossível. É aí que entra um pequeno trabalho de edição. Uma dos lados da imagem terá que ser copiado e invertido para a outra extremidade da lateral. Na imagem final ambos os lados - esquerdo e direito - se encostarão e por isso deve haver uma ideia de continuidade em ambas as extremidades, dando uma ideia de 360°.

Veja abaixo como isso funciona:




E abaixo está o belíssimo e encantador Jardim Botânico de Curitiba transformado num mini planeta. Ainda caberia uns retoques mais cuidadosos na imagem, mas basicamente é isto.



Por fim uma última dica! Embora isso não seja exatamente uma regra crucial, considere que fotos panorâmicas produzem resultados muito melhores.

Vejamos então como criar nosso mini planeta no Gimp.

1º passo: A escolha da fotografia

A foto precisa ter uma área superior livre, uma faixa na área central que corresponde ao tema principal da foto e uma área inferior que seja neutra. A foto no formato panorâmico também garantirá um bom resultado. Usarei esta foto da orla da Praia de Botafogo, com a belíssima vista do Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro.


2º passo: Seleção de um dos lados para ser copiado

Usando a ferramenta de seleção retangular do Gimp, você deverá escolher um dos lados da foto para ser selecionado e copiado. Neste exemplo, escolhi o lado direito da imagem. Basta selecionar e ir no menu Editar, Copiar ou Ctrl+C se preferir.

3º passo: Colar na lateral oposta e inverter a imagem

Após você copiar a área selecionada no passo anterior, vá ao menu Editar, Colar ou Ctrl+V. Use a ferramenta de movimento para mover a área copiada para o lado oposto da imagem. A parte copiada deve encostar exatamente no canto do lado oposto. Em seguida vá ao menu Camada, Transformar e escolha Espelhar horizontalmente. Pegue a ferramente borracha e, nas configurações da ferramenta, escolha uma ponta que possua bordas suaves. Com cuidado, na camada colada, vá apagando a borda que está voltada para o lado de dentro da foto.



A intenção é que haja uma fusão gradual e imperceptível entre a camada colada e a imagem que está por baixo. Mas tome cuidado para não chegar com a borracha perto das extremidades. Se isso acontecer, as laterais esquerda e direta da foto não irão produzir a ideia de continuidade.

Após terminar o trabalho com a borracha, vá ao menu Imagem e escolha Achatar imagem.


4º passo: Tornar a foto quadrada

Vá ao menu Imagem, Redimensionar imagem. Desative a correntinha que liga a altura e largura e faça com que ambos os valores fiquem idênticos. Como se observa na imagem abaixo, o resultado dessa ação pode ficar bem estranho. Mas não se preocupe. É assim mesmo.



5º passo: Aplicar o efeito para criar o mini planeta

Vá ao menu Filtros, Distorções, Coordenadas polares. É aí que a mágica acontece. Faça com que as configurações fiquem iguais à imagem abaixo. Se você quiser, na sua foto você pode alterar os valores do ângulo de início. Mas as demais configurações devem permanecer iguais ao que é mostrado abaixo.


Veja como ficou:

 6º passo: Retoques finais

Use a ferramente de seleção de cores para capturar a cor do céu e com um pincel de borda suave, preencha os vazios nas extremidades da foto.

O resultado você vê abaixo!



Muito bacana não é mesmo?



Assine nossa newsletter!

Quer receber as novidades mais recentes do Blog Valeu Cara na sua caixa de entrada?
Informe seu e-mail e clique em Assinar.

Assine o feed RSS Siga o Blog Valeu Cara no Twitter Curta o Blog Valeu Cara no Facebook Blog Valeu Cara no Google+Canal do Blog Valeu Cara no YouTube





Participe deixando seu comentário, dúvida, sugestão, ideias, críticas, exemplos ou o que você quiser na parte de comentários desta postagem. Sua participação é extremamente importante para que este blog esteja sempre melhorando o seu conteúdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

::Regras::
1. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais ao autor e aos leitores;
2. Não serão aceitos comentários agressivos;
3. Spams serão deletados;
4. Para deixar alguma URL cite maiores detalhes do que se trata;
5. Lembre-se: aqui é um lugar para pessoas civilizadas.

OBS: Os comentários não refletem as opiniões do editor.